Eletroterapia Biocontrolada

Terapia em que se utilizam correntes elétricas confortáveis para fins analgésicos e terapêuticos, sendo meta do tratamento a modulação da atividade do sistema nervoso. Embora tenha se aperfeiçoado nas últimas décadas, no Brasil utiliza-se ainda uma modalidade de eletroterapia mais antiga popularmente conhecida como Tens, amplamente usada por fisioterapeutas, e que apresenta resultados positivos.128

No entanto, os avanços alcançados por grupos internacionais que estudam a eletroterapia permitiram a criação de tecnologia bastante sofisticada e está relacionada ao uso de equipamento que modula o impulso elétrico a partir da medição da impedância, que é a resistência elétrica da pele.

Deste modo, a pessoa recebe em cada área da pele um estímulo específico para a região e por este motivo é chamada Eletroterapia Biocontrolada, pois o que define o tipo de estímulo elétrico que será utilizado é a medição específica do paciente naquele momento, o que aumenta muito a eficácia da técnica quando comparada a eletroterapia convencional.

Eletroterapia Biocontrolada consiste na aplicação de estímulos confortáveis na pele por meio de equipamento desenvolvido por grupos internacionais em 2 décadas de pesquisa e que conta com microprocessador que analisa informações da atividade elétrica da pele e, com isso, modula os impulsos que serão gerados.

O tratamento não é doloroso, não se aplicam agulhas e pode ser realizada em diferentes regiões do corpo, tanto diretamente no local da dor, quanto em regiões por onde o estímulo doloroso é conduzido, a depender da necessidade de cada caso. As sessões duram em média 50 minutos e são realizadas semanalmente por 6 a 8 semanas ou até a melhora da dor.

Anúncios